19/10/2006

O tubo da vida

Mais de 6 mil pessoas morrem diariamente por doenças provenientes da água não-potável.

Segundo uma reportagem publicada por "The New York Times", uma empresa dinamarquesa fornecerá tubos com filtros de água que podem transformar água parcialmente poluída em potável para um programa de campos de refugiados. A invenção não é perfeita, mais testes são requeridos, mas agora filtra pelo menos 99,99% dos parasitas, bactérias e outros poluentes comuns.

Apenas 100 mil foram feitos, dos quais 70 mil foram para as vítimas dos terremotos na Cachemira no ano passado. O custo desta simples palha para beber água são três dólares (3$).